segunda-feira, 14 de outubro de 2013

Aprenda a conhecer o outro

Veja como ele ou ela, trata a família, os amigos e quais são suas atitudes com o próximo

Há quem diga que conseguimos identificar perfeitamente uma pessoa apenas pelo modo de olhar e, principalmente, por suas expressões corporais. Mas, para se relacionar com alguém e traçar os objetivos juntos é preciso ir além, conhecer o outro realmente, saber quais suas vontades, desejos e objetivos. “Muitas vezes, no início do namoro, as pessoas tentam ser alguém que não existe, porém, ninguém consegue sustentar por muito tempo algo que não é...., sugere a psicóloga Letícia Pimentel Neves.

De acordo com o apresentador do programa The Love School - A Escola do Amor, bispo Renato Cardoso, “há uma fusão da vida de solteiro para a de quem quer manter um relacionamento sério e pretende casar. Quando a pessoa quer manter um compromisso, ela demonstra durante o tempo de relacionamento e vai mudando aos poucos. Mas, para isso, as pessoas têm que querer ceder diante das situações.” Ele ainda acrescenta que o diálogo é muito importante dentro de uma relação amorosa, para que os dois se conheçam mais, pois esse contato faz com que a relação melhore.

“Não importa com quem você está e há quanto tempo dura o relacionamento, sempre tente conhecer ao máximo o outro, seus gostos e vontades”, diz o bispo.

Segundo a psicóloga, muitas pessoas confundem o ato de conhecer com saber exatamente tudo do passado do outro...

O bispo explica que, conhecer o parceiro está ligado diretamente a saber como ele é com a família, se é presente e trata as pessoas bem, como age com os amigos, sendo prestativo nas dificuldades, e até identificar, com as atitudes, como ele será como esposo. “Quanto mais sinceras as pessoas forem, mais fácil será de garantir um bom futuro para o relacionamento”, alerta ele. 

Durante as conversas, pergunte e ouça quais são os planos de vida, como seu parceiro pretende seguir a carreira profissionalmente. “Muitas vezes a vida dá indícios suficientes para que o outro identifique se o relacionamento pode dar certo ou não. Em pequenas atitudes e reações”, alerta a psicóloga. “Ninguém sabe tudo sobre relacionamento, mas siga sempre a razão”, finaliza o bispo.

Não leve apenas pela aparência

“Na época em que eu fazia faculdade, tive a oportunidade de conhecer de vista um rapaz bonito, do mesmo andar do meu curso, que anos depois se tornaria meu marido. Naquela época o julguei apenas pela aparência e pelo que costumava ouvir dos outros. Não me dei a oportunidade de conhecê-lo melhor. Achava que ele era metido, apenas pelo modo de vestir-se, e chato, por não conversar com ninguém. Dois anos depois tive a oportunidade de trabalhar na mesma empresa e dividir os serviços com ele”, lembra a administradora de empresa Paula Duarte Pelinotti, de 29 anos.

Segundo ela, bastou apenas 1 mês para que toda a imagem que ela tinha de Michel Lacerta, de 31 anos, tornasse admiração. “Logo no primeiro dia comentamos da época de faculdade e eu o questionei sobre o comportamento dele. Fui surpreendida, pois ele me disse que as pessoas o julgavam muito por ele não dar tanta liberdade para os outros, e que trabalharmos juntos seria uma boa oportunidade para criarmos uma amizade”, conta Paula. O contato entre eles foi crescendo, começaram a frequentar os mesmos lugares, amigos em comum, até que ele a pediu em namoro.

“Aprendi a conhecer melhor, a cada dia, o meu esposo. Somos casados há 2 anos e vivemos um casamento feliz e bem estruturado. Como todo relacionamento, tivemos pequenas diferenças no início da vida a dois, e ainda enfrentamos algumas dificuldades, mas nos propusemos a mudar cada situação que nos atrapalha. Cada um cede em algo. Ele sempre foi um ótimo filho, respeitador comigo e sempre buscou o melhor nos outros, e isso me fez perceber, por atitudes, como ele é uma boa pessoa”, finaliza Paula.



OBS:

E SE NO FINAL DAS CONTAS VC PERCEBER QUE UM CASAMENTO COM ESSA PESSOA TERIA MAIS CHANCES DE FRACASSO DO QUE BENEFÍCIOS, TERMINE ! É MELHOR TERMINAR UM NAMORO DO QUE SE CASAR E GERAR DIVÓRCIO !

Um comentário:

  1. Estou alegre por encontrar blogs como o seu, ao ler algumas coisas,
    reparei que tem aqui um bom blog, feito com carinho,
    Posso dizer que gostei do que li e desde já quero dar-lhe os parabéns,
    decerto que virei aqui mais vezes.
    Sou António Batalha.
    Que lhe deseja muitas felicidade e saúde em toda a sua casa.
    PS.Se desejar visite O Peregrino E Servo, e se o desejar
    siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir