sexta-feira, 24 de junho de 2016

História de amor: Deyse e Diogo

LINDA HISTÓRIA DO CASAL DEYSE E DIOGO, CUJA ENTREVISTA FOI CONCECIDA AO BLOG https://cupriblog.wordpress.com/2016/06/23/historia-de-amor-deyse-e-diogo






O verdadeiro amor lança fora todo medo. 1 Jo 4:18


11694909_1062684520437150_172575826951662276_n (2)
Olá,
Meu nome é Deyse Guedes Trindade Sartini, hoje quero compartilhar com vocês um pouco da minha linda história de amor. Não nasci em um lar cristão, mas meus pais sempre tiveram princípios que foram importantes para minha criação, durante a juventude tive a oportunidade de conhecer a Deus e Ele me aceitou. Não se passou muito tempo recebi o chamado de Deus para viver para Ele em Missões e no ano de 2012 fui fazer a ETED (Escola de Treinamento e Discipulado) em Jocum Fortaleza-CE, passei a servir a base como obreira e depois realizei mais um curso dentro da Jocum a EAB (Escola de Aconselhamento Bíblico)
A cura das minhas emoções e a renuncia!
Enfim, a minha vida amorosa era muito conturbada eu era extremamente carente então buscava suprir essa carência através dos meus relacionamentos então sempre era muito egoísta não sabia amar, eu comandava a relação. Mas ao mesmo tempo tinha o sonho de casar, não sabia como e nem com quem, mas tinha vontade que isso acontecesse.
Durante a EAB fui extremamente tratada nessa área, tive que passar por disciplinas e tudo, mas permiti que Deus entrasse nessa área de minha vida pra que eu fosse curada. No período do prático na escola durante um tempo de meditação da palavra (devocional) Deus falou comigo sobre entregar a Ele o que era mais preciso pra mim, bom pensei em várias coisas, mas fui orar e compartilhar com a minha líder e juntas ouvimos Deus e foi muito claro que deveria entregar a Ele meu sonho de casar. Foi difícil, pois quando fiz isso ficou claro que não saberia se um dia iria casar . Mas se isso acontecesse só iria entrar em um relacionamento se fosse para casar!
O encontro!
Terminei a EAB e fui passar férias na casa de meus pais em Santana-AP, passei 6 meses em casa, durante esse período lá, ficou hospedado na casa de meus pais um missionário e durante uma conversa ele falou comigo que eu voltaria para Jocum mas seria para um casamento. Pensei: Não acredito nisso agora que eu estou super bem comigo mesma e com minhas emoções e vem essa história de casamento, entrou em um ouvido e saiu por outro, aquela palavra. Retornei para Jocum Fortaleza em Abril de 2006. Ao chegar à base estava acontecendo uma escola era a EDAB (Escola da Bíblia) onde Diogo estava fazendo essa escola. Fomos apresentados por uma amiga, mas nada mais que isso.
Os sonhos e orações!
Passado alguns meses comecei a sonhar com Diogo todos os dias, mas eram coisas específicas sobre ele (não tinha sentimento por ele) então compartilhei com minha líder e ela disse que talvez fosse Deus pedindo que eu orasse por ele. Então a cada sonho que tinha eu orava por ele, passaram alguns dias e sempre acontecia isso, mas não tinha intimidade com ele para compartilhar e nem paz para que fizesse isso. O tempo foi passando e eu já estava ficando incomodada com esses sonhos, ai compartilhei novamente com minha líder e nós oramos e a oração dela foi assim : Senhor, se você quer falar com Deyse sobre isso que está acontecendo trás a revelação pra ela sobre tudo! Era perto do almoço, então agradecemos a Deus e fomos para o refeitório (lugar onde todos os obreiros e alunos almoçavam) e encontrei com todos naquele lugar, inclusive Diogo, logo almocei e fui para meu quarto.
O primeiro sentimento!
Nesse período de descanso me veio um sentimento muito forte “a saudade” senti saudades de Diogo, nesse momento achei estranho mas ao mesmo tempo comecei a perceber que estava gostando dele. A primeira coisa que falei foi “Eu não acredito” não quero gostar de ninguém, então a partir daí passei a relutar contra esse sentimento, porque não queria sofrer .
Fui orar e falar com Deus para tirar isso do meu coração, daí Deus me deu uma palavra: 1 JO 4:18 – O verdadeiro amor lança fora todo medo. E cada vez que pedia para esse sentimento sair do meu coração, mais eu passava a gostar dele. Então passei a evitar encontra-lo e na base isso era quase impossível, pois morávamos no mesmo local e sempre iríamos nos encontrar.
Deus queria me ensinar a amar!
Até então Diogo não sabia nada sobre o meu sentimento e não percebia eu evitava estar perto dele. Mas a cada dia que passava ia ficando difícil, porque esse sentimento estava consumindo meu coração, e ao mesmo tempo em que relutava contra, eu queria que algo acontecesse entre nós, e eu sempre me lembrava desse versículo: Por que estás abatida, ó minha alma, e por que te perturbas dentro de mim?  Salmos 42:5a. Era o sentimento que tinha a todo o momento, vivia chorando pelos cantos. O que realmente eu queria era que esse relacionamento fosse aprovado por Deus, mas também entendia sobre as escolhas humanas e que isso podia mudar o percurso de história. E como sempre tomei as decisões sobre meus relacionamentos eu não tinha O CONTROLE SOBRE ESSE RELACIONAMENTO.
Passaram-se alguns meses e em Julho, Diogo veio a Santa Maria de Campos trazendo uma equipe da EDAB. Após a viagem durante a noite fui orar porque queria entender o que Deus tinha para me ensinar sobre tudo isso. E Deus me disse que eu não sabia amar!  Que amar era escolher o melhor lugar para o outro! Foi quando entendi que em todas as minhas orações pelo Diogo eram egoístas, porque queria que ele fosse meu e que só seria feliz comigo!
A partir daí orei diferente. Orei para que ele fosse feliz com quem quer que fosse e que ele encontrasse a pessoa certa. Ai, senti Deus falando “agora sim você aprendeu a AMAR”. E o meu coração descansou. O sentimento não saiu do meu coração, mais eu estava em paz e isso era o suficiente para mim.
Ele voltou com a equipe e já sabia que eu gostava dele, mas não mudou em nada, pois ele não tinha sentimento por mim.
Um belo dia, depois de muito tempo, eu sonhei novamente com ele, ai durante o dia fui orar e pela primeira vez senti de compartilhar com ele. Mas antes de ir conversar com ele falei com Deus que não iria tocar no assunto somente iria falar do sonho e pronto.
A grande tristeza!
Durante a conversa expressei o sonho pra ele e orei por ele, e disse que era isso que queria falar. Antes de levantar ele disse: Já tem um tempo que soube que você gosta de mim.
Pensei: Não acredito que ele vai falar disso, agora que estou bem. Ele falou então: eu não tenho sentimento por você e não acho legal começar algo só porque você está gostando de mim. Um balde de agua fria, mas concordei com ele, porque até eu não gostaria que fosse assim, por minha causa. Voltei para o quarto e chorei muito, mas fiquei bem depois.
Passaram-se dias e durante uma aula da EAB uma pastora estava assistindo a aula, pois era participativa e pessoas de fora podiam assistir algumas aulas específicas. E ela veio falar comigo e pediu pra orar por mim, aceitei e durante essa oração ela começou a dizer tudo que eu tinha vivido durante esses cinco meses. E disse que Deus ia me dar uma resposta.
Tudo aconteceu!
Nesse mesmo dia, Diogo me procurou e disse que gostaria de conversar comigo, no fundo eu sabia sobre o que era então combinamos que a noite conversaríamos. Antes da hora marcada fui falar com Deus e disse: Senhor eu sei o que ele quer conversar comigo, mas antes de tomar qualquer decisão a confirmação desse relacionamento vai ser se o Senhor der a mesma palavra que eu tenho pra ele. “O verdadeiro amor lança fora todo medo”! 
Durante a conversa ele disse que tinha ido orar depois que tínhamos conversado a ultima vez e ele disse que não queria nada comigo. E a partir da oração um sentimento começou a brotar no coração dele e que gostaria que nós orássemos. Mas uma coisa que ele disse era que queria um relacionamento para casar. Então ouvi tudo (claro que meu coração estava explodindo de alegria, mas esperava a resposta de Deus) e perguntei a ele: O que Deus falou com você? Ele disse: tenho uma palavra, O VERDEIRO AMOR LANÇA FORA TODO MEDO. A resposta de Deus!
A partir daí começamos a orar e no período de 7 meses já estávamos casados!
IMG-20160623-WA0064.jpg
Hoje somos Pastores Missionários, temos uma linda menina de 5 anos e  a certeza de que Deus nos uniu .

Carinhosamente,
Deyse, Campos dos Goytacazes, 23 de junho de 2016.

2 comentários: