quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Estar solteiro não é o fim do mundo !

Algumas pessoas carregam tristezas, complexos e traumas por muito tempo...

Como não encaram esses sentimentos nem os resolvem, apenas fingem que não precisam de cura..., acabam fazendo da fase de solteira (o) um período triste, recalcado e sem graça vivendo em desespero e em função do dia que vão arranjar alguém e finalmente se casar.

Não é fácil estar solteira (o) mas também não é o fim do mundo. Viver se sentindo um lixo apenas porque ainda não encontrou alguém é a coisa mais deprimente que existe e ninguém quer uma pessoa assim desesperada, nem mesmo você, não é mesmo?

Pesquisas indicam que pessoas que são felizes solteiras têm mais chance de serem felizes num relacionamento.

Isso é bem óbvio, afinal casamento não muda uma pessoa. Quando se casa leva consigo quem é de verdade e se não era uma pessoa feliz e realizadora, é exatamente isso que terá para oferecer num casamento.

Mas as pessoas ficam fantasiando que quando casarem serão felizes porque aí terão uma pessoa e não serão mais solitárias, porém esquecem que o papel do outro não é me fazer feliz e satisfazer, tapar meus buracos e satisfazer minhas carências que eu carreguei para dentro do meu casamento.

Ainda que uma pessoa me ame e seja companheira, é pesado demais jogar sobre ela a obrigação e a responsabilidade de fazer aquilo que nem eu mesma consegui fazer por mim: me dar felicidade e realização.

Relacionamento é um completando o outro não um carregando o outro. Nosso papel é dar amor e companheirismo, não ser um peso, uma cobrança, a exigência e acusação em pessoa.

O que acontece em relacionamentos baseados nesses tipos de comportamentos é que não sobrevivem a nenhum problema que dirá uma tempestade.

Ficam um acusando o outro e nenhum assume de verdade sua participação na tragédia que virou o casamento. Por mais que o outro erre isso NUNCA muda ou diminui meus erros e reconhecer, ainda quê seja apenas eu, já é um princípio de cura, porque como parte do relacionamento e uma só carne eu também tenho minhas responsabilidades e não justifica ignorar, fazer-se de desentendida (o) porque isso não engana a Deus, nem muda de verdade a situação.

AUTOR DESCONHECIDO

Resultado de imagem para seja feliz


Nenhum comentário:

Postar um comentário